Previous Next

(COVID-19) Previna-se

Estamos juntos com vocês nesta luta, trabalharemos dia a após dia com amor e esperança para que nossos medicamentos sejam bálsamos para suas vidas. Fiquem em casa! Confiem em nós!!!

#Farmace, compromisso com a sua saúde

AVISO - Recolhimento dos Medicamentos Salbutamol e Dexametasona

AVISO - Recolhimento dos Medicamentos Salbutamol e Dexametasona

 

COMUNICADO DE RECOLHIMENTO DE MEDICAMENTO

Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearense Limitada, pessoa jurídica de direito privado, inserida no CNPJ sob número 06.628.333/0001-46, vem respeitosamente comunicar aos nossos clientes que os produtos sulfato de salbutamol 0,4mg/mL xarope, lote SS18M518, e dexametasona 0,5mg/mL elixir uso oral 100mL, lote SS18M518, serão recolhidos do mercado, conforme RDC nº 55 de 17 março de 2005. O recolhimento se faz necessário em função de possível  acondicionamento de frascos de sulfato de salbutamol em embalagem secundária do produto dexametasona, o que pode acarretar riscos à saúde relacionados ao consumo de medicamento indevido. Desse modo, solicitamos que os pacientes que possuam unidades de lote SS18M518 desses produtos, as devolvam nos locais de aquisição ou entrem em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da indústria fabricante - SAC 0800 280 2828, telefone (88) 3532-7090, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..SALIENTAMOS QUE O RECOLHIMENTO ACIMA SE RESTRINGE AO LOTE RELACIONADO, NÃO SE REFERINDO A QUALQUER OUTRO PRODUTO OU LOTE DA FARMACE.

Finalizado teste inicial do sistema de rastreabilidade

Finalizado teste inicial do sistema de rastreabilidade

Após um ano de testes e participação de mais de 15 empresas, entre indústrias, distribuidoras, farmácias e hospitais, a Anvisa concluiu, no último dia 28 de abril, a fase experimental do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM). Foram movimentadas, apenas no último mês, mais de 40 mil unidades de medicamentos serializados e com o Datamatrix nas embalagens, desde sua produção na indústria até a recepção nas farmácias. As informações dessas movimentações foram transmitidas para o protótipo do SNCM desenvolvido com apoio do Grupo de Gestão e Automação em Tecnologia da Informação (Gaesi) da Universidade de São Paulo (USP), solução que foi instalada no ambiente da Anvisa e permitiu a validação dos requisitos e conceitos especificados. 

A Lei 13.410/2016 prevê mais três anos, a partir de agora, para a completa implementação desse sistema, período que o setor terá para se adaptar às novas regras com base no cronograma a ser definido. “Com grande satisfação tornamos público o Relatório da Fase Experimental do Sistema Nacional de Controle de Medicamentos, que embasará as principais ações a serem realizadas nesta etapa que se sucede. Os próximos três anos de implementação possibilitarão maior coesão entre os elos da cadeia de medicamentos e os agentes públicos, onde o maior beneficiado com o controle será o cidadão, que terá acesso a medicamentos mais seguros”, afirmou o diretor-presidente da Agência, William Dib. 

Mais segurança  

Segundo a gerente geral de Monitoramento da Anvisa, Fernanda Rebelo, a rastreabilidade vem trazer mais segurança para os medicamentos disponíveis para consumo pela população, uma vez que assegura a procedência desses produtos e permite ações mais efetivas do seu recolhimento por questões de qualidade, desvio ou roubo, trazendo também mais segurança para produtores e outros integrantes da cadeia de comercialização dos medicamentos. 

Os encaminhamentos após a conclusão da fase experimental são: 

  • Definir proposta de cronograma de implementação do SNCM, conjuntamente com o Comitê Gestor

  • Publicar consulta pública com a proposta de implementação para receber contribuições de todos os impactados pelo SNCM. 

  • Publicar resolução ratificando os requisitos validados na fase experimental. 

  • Manter o ambiente para testes e desenvolvimento do SNCM relativos a operações e requisitos específicos de determinados produtos, operações e empresas.

Fonte: http://portal.anvisa.gov.br/rastreabilidade

AVISO - Recolhimento de Cloridrato de Ranitidina

AVISO - Recolhimento de Cloridrato de Ranitidina

 

COMUNICADO DE RECOLHIMENTO DO MEDICAMENTO CLORIDRATO DE RANITIDINA 25mg/mL

A Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearense Ltda, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob nº 06.628.333/0001-46, vem respeitosamente aos nossos clientes, comunicar  que os lotes: RA18A001 até RA18A007, RA18B008 até RA18B012, RA18C013 até RA18C017, RA18D018 até RA18D031, RA18E032 até RA18E037, RA18F038 até RA18F044, RA18G045 até RA18G048, RA18H049 até RA18H058, RA18I059 até RA18I070, RA18J071 até RA18J082, RA18L083 até RA18L089, RA18M090 até RA18M099, RA19A001 até RA19A012, RA19B013 e RA19B018, RA19C019 até RA19C022, RA19D023 até RA19D032, RA19E033 até RA19E044, RA19F045 até RA19F058, RA19G059 até RA19G074, RA19H075 até RA19H093 do medicamento Cloridrato de Ranitidina 25mg/mL Sol. Injetável caixa com 100 ampolas de 2mL vidro âmbar, Período de Fabricação: entre 01/2018 e 09/2019, Período de Validade: entre 01/2020 e 09/2021, serão recolhidos voluntariamente do mercado conforme Resolução RDC nº 55 de 17 março de 2005,  considerando a Resolução nº 2679, de 25 de Setembro de 2019, dada pela ANVISA referente a suspensão, comercialização, distribuição, importação e uso do princípio ativo cloridrato de ranitidina da empresa indiana Saraca Laboratories Limited, onde foi encontrado presença da impureza NDMA (nitrosamina) e a Resolução nº 190, de 25 de Janeiro de 2020, referente a interdição cautelar do produto cloridrato de ranitidina. Solicitamos que as Distribuidoras, Prefeituras/Secretarias de Saúde, Clínicas, Unidades de Pronto Atendimento - UPA’s e Hospitais que possuam unidades destes lotes, os devolvam para o local de aquisição ou entrem em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente da Farmace, através do 0800 280 2828. Desde já agradecemos a cordial atenção, compreensão e colocamo-nos ao inteiro dispor para esclarecimentos adicionais que se façam necessários através do nosso Serviço de Atendimento do Cliente – SAC 0800 280 2828; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.; fone (88) 3532-7090. SALIENTAMOS QUE O PROCESSO DE RECOLHIMENTO ACIMA, SE RESTRINGE AOS LOTES RELACIONADOS, NÃO COLOCANDO EM RISCO A QUALIDADE DE QUALQUER OUTRO PRODUTO OU LOTE DA FARMACE.